Tudo sobre PISO INDUSTRIAL

Saiba quais são os tipos de pisos que podem receber o processo da lapidação

polimento e lapidação de pisos

A lapidação do piso é um processo altamente indicado para vários tipos de pisos em especial os pisos de alta resistência ou piso industrial. Além, é claro, de trazer inúmeros benefícios que envolvem tanto a questão da durabilidade como a da manutenção; bem como o da beleza do ambiente e ótima impressão que esse processo traz ao piso, o que é de fato evidente para quem olha.

Quais os tipos de piso que pode ser lapidado

Pisos cimentícios que possuem alta resistência, como o antigo Korodur, granilite, piso marmorizado (conhecido como marcopiso), e é claro, o piso de concreto polido.
Caso não tenha sido você, caro leitor, que executou a mão de obra do piso de concreto, incluindo as seguintes etapas: preparação da base, (malha metálica, nivelamento, colocação da formas e barra de transferência), lançamento e adensamento do piso de concreto, acabamento da superfície; você deve saber algumas informações antes de realizar a lapidação do piso, pois o conhecimento técnico prévio com relação ao tipo de ser piso a ser lapidado, como por exemplo, a sua dureza (conhecida como FCK, medida em Mpa – megapascal), fará toda a diferença na lapidação, pois nesse caso poderá haver casos em que o piso possui baixa resistência, como no caso do marcopiso, e se o primeiro polimento for realizado com um inserto diamantado grão 36, os ricos serão profundos demais e haverá necessidade de serem realizados sucessivos polimentos com grão 60, 120, 220 e depois 400, sendo que, nesses casos, o polimento poderia ser iniciado no grão 120.

Questões necessários para realizar o processo de lapidação do piso

É necessário conhecimento prévio do tipo de piso, para tanto, você caro leito, deve procurar fontes de informações, de preferência, junto ao fabricante do piso ou junto ao engenheiro responsável pela obra, realizando-‐se as seguintes perguntas:

Qual a resistência do concreto que foi utilizado? (qual o FCK medido em Mpa, para saber se o piso pode ser lapidado).
Foi dada a devida cura no piso?
Foi realizada Cura hidráulica ou cura química?
Já foi aplicado endurecedor de superfície? (pois há casos em que o executor do piso de concreto já entrega o piso com o endurecedor aplicado).

Dependo da resposta às essas perguntas básicas, pode-‐se saber se o piso de concreto poderá ser lapidado ou não.

Exemplo: um cliente entra em contato dizendo que quer lapidar um piso de um minimercado, com uma área aproximada de 500 m2. Só que, você fica sabendo que o foi utilizado um concreto de FCK de 20 Mpa´s.

Dado técnico: para ser lapidado, é melhor o piso de concreto ter um FCK mínimo de 30 Mpa´s. Se foi utilizado um concreto com FCK abaixo disso, 25 ou 20 Mpa´s, é necessário aumentar a sua dureza antes de qualquer polimento, com a utilização de endurecedor químico de superfície, para que o piso de concreto possa aguentar a abrasão das ferramentas diamantadas e ser lapidado.

 

O que você precisa saber sobre resistência

Quanto a resistência à abrasão, o piso deve ter resistência a tração ao arrancamento superior a 0,6 Mpa´s. Como medir essa resistência, depende do know how do executor, pois nesse caso não há como realizar o teste no piso já pronto. Um simples “macete” ajuda, raspar uma moeda no piso para saber se este possui resistência, ou comprar um equipamento que mede a resistência superficial, conhecido como esclerômetro.

Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo sobre PISO INDUSTRIAL

Related Posts